toneladas de CO2 retirados da atmosfera em 2017 São kg por segundo

    Notícias

    GNV amplia vantagem sobre combustíveis líquidos em 2016

    A economia gerada pelo uso do Gás Natural Veicular (GNV) ficou ainda mais expressiva em 2016. Com as variações nos preços da gasolina e do etanol, o GNV ficou com economia superior a 50% frente ao etanol em 16 unidades da federação: Espírito Santo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo (Sudeste); Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina (Sul); Alagoas, Bahia, Ceará, Paraíba, Pernambuco e Sergipe (Nordeste); Amazonas (Norte) e Mato Grosso do Sul (Centro-Oeste).

    Os dados são resultado de levantamento da Associação Brasileira das Empresas Distribuidoras de Gás Canalizado (Abegás). A análise utiliza dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) e aplica os dados do Fiat Siena como referência para calcular o custo por quilômetro rodado — o manual do veículo traz uma estimativa de consumo médio com os três combustíveis.

    “Com o GNV cada vez mais competitivo, vem aumentando o número de conversões de veículos para o GNV tanto de pessoas físicas como jurídicas. Empresas com grandes frotas estão vendo no GNV uma boa oportunidade de ganhar não na economia em escala, mas também pelo aspecto ambiental: o GNV emite, em média, 15% menos CO2 em relação ao etanol e 20% a menos na comparação com a gasolina”, destaca o presidente executivo da Abegás, Augusto Salomon.

    Fonte: Site ABEGÁS